Anúncio

Semsa e Susam unificam sistema de marcação de consultas e exames

A partir de agora, pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) que estejam em atendimento em qualquer unidade de saúde que precisem de consultas ou exames especializados, poderão fazer a solicitação online, com um novo formato de agendamento pelo Sistema de Regulação (Sisreg). Em fase de testes, o novo processo de trabalho, foi apresentado nessa quinta-feira (7), pelos secretários municipal e estadual de Saúde, Marcelo Magaldi e Francisco Deodato, respectivamente.

O objetivo da mudança é proporcionar o funcionamento integral do Sisreg, reduzindo filas e o tempo de espera para a realização dos procedimentos. “É uma mudança importante, é uma inovação, um novo processo de trabalho. A partir de agora, o sistema Sisreg está sendo programado obedecendo a novos parâmetros. Isso democratiza e amplia o acesso, melhorando para o usuário, que não precisará mais ir para as unidades ainda de madrugada para conseguir a consulta ou o exame. Isso passará a ser feito de forma automatizada. Estamos reduzindo a participação do operador, o próprio sistema fará esse agendamento”, destacou o secretário da Semsa, Marcelo Magaldi.

Anteriormente, as unidades disponibilizavam, via Sisreg, apenas um determinado percentual das vagas. O restante era usado a critério de cada uma, o que acabava estimulando a geração de filas. O Sisreg foi criado pelo Ministério da Saúde para regular a oferta e marcação de procedimentos de média e alta complexidade no SUS. No Amazonas, foi implantado em 2009, mas até agora não havia sido integralmente adotado.

“É um programa criado para garantir o acesso do usuário ao SUS e não para restringir. As pessoas hoje têm desconfiança sobre o sistema, e isso se deve ao fato da rede de saúde local não ter se adequado ao modelo. É essa adequação que estamos buscando”, justificou o secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato.

Núcleo

Para que o sistema funcione integralmente, foram estruturados os Núcleos de Regulação Ambulatorial (Nira) das unidades de saúde. A partir de agora, sempre que o paciente sair do consultório médico, deverá se dirigir ao profissional do Nira e solicitar a marcação online, no próprio local. A informação sobre data e hora do procedimento solicitado será feita por meio do telefone convencional ou celular que o usuário tiver indicado. O serviço de SMS também será utilizado para essa finalidade.

No caso dos agendamentos feitos na rede municipal existe, ainda, a possibilidade do usuário acompanhar o agendamento feito pela ferramenta online que a Semsa disponibiliza desde março deste ano, que pode ser acessada no link http://bit.ly/2xV5WVm.

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde