Servidor público é preso com mais de mil vídeos pornográficos infantis (ver vídeo)

Foto: Divulgação PC

Um servidor público de 44 anos, que não teve a identidade revelada, foi preso em flagrante na tarde dessa quinta-feira (22), pelo crime de armazenamento de conteúdo pornográfico infantil. Segundo informações da Polícia Civil, ele estava baixando e assistindo os conteúdos pornográficos no computador do seu local de trabalho, em uma policlínica localizada na zona Sul da capital.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Especializada em Proteção à Criança e Adolescente (Depca), a equipe de investigação recebeu naquela tarde, uma denúncia anônima, informando que um servidor da unidade de saúde estaria acessando e baixando mídia pornográfica infantil no computador da instituição. Em seguida os policiais se dirigiram ao local relatado para averiguar a situação.

Conforme a delegada, na Policlínica, a equipe policial encontrou o homem trancado na sala de almoxarifado. No local foi encontrado um pen drive com mais de 1500 conteúdos pornográficos infantis, ao ser questionado sobre o material, o homem informou que não era o proprietário do pendrive no entanto a polícia civil descobriu que nos arquivos do pendrive haviam documentos do servidor.

“Posteriormente ele confessou e disse que fazia esse acesso há mais de 3 anos a esse tipo de conteúdo, nas imagens periciadas descobrimos que os vídeos não são de origem brasileiras e que ele baixava os arquivos de sites internacionais”, disse a delegada Joyce Coelho.

Na ação foram apreendidos o pen drive, o HD do computador do trabalho, o celular pessoal e o notebook do indivíduo para a perícia.

A delegada ressaltou ainda que na teoria o homem é um pedófilo e irá responder criminalmente pelo crime de armazenamento de pornografia infantil. Ele está custodiado nas dependências da Depca.

Durante coletiva de imprensa a titular da Depca frisou que manter vídeos pornográficos infantis no celular ou compartilhar esse tipo de conteúdo é crime conforme consta no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Servidor público é preso pelo crime de armazenamento de pornografia infantil

Servidor público é preso pelo crime de armazenamento de pornografia infantil

Posted by Radar Amazônico on Friday, October 23, 2020