Servidores da educação denunciam na Aleam falta de respeito do governador com a categoria

Foto: reprodução

O Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus (AspromSindical) denunciou o total desprezo e a falta de respeito do governador do Amazonas, Wilson Lima, com os servidores da educação nesta terça-feira (30), durante sessão da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

De acordo com o coordenador de Comunicação do Asprom Sindical, Lambert Melo, mesmo após mais de 200 mortes por Covid-19, na categoria, e de os professores estarem há mais de um ano pagando para trabalhar, o governador continua ignorando os professores e o Sindicato para dialogar sobre problemas da Educação, que podem levar à quarta greve consecutiva da categoria nos últimos quatro anos.

O objetivo na ALEAM era conseguir o apoio do Poder Legislativo para que intermediasse a busca de diálogo com o Governo, visto que o governador continua sem dar respostas para as várias tentativas feitas pelo Asprom Sindical.

Após todas as denúncias feitas e tendo sido entregue um abaixo-assinado com mais de mil e duzentas assinaturas, os Deputados se comprometeram em aprovar um convite para o governador e o secretário da educação comparecerem à Aleam, para esclarecerem a falta de diálogo com os professores.

“Ficaremos no aguardo da resposta do convite, pois nós iremos participar da sessão de esclarecimento. Mas não ficaremos aguardando sentados, sem fazer nada”, disse Lambert Melo.

Por fim, o sindicato afirmou que se o governador insistir em menosprezar os professores, ele será o primeiro governador, na história do Amazonas, a sofrer três greves seguidas dos professores.

(*) Com informações da assessoria