Servidores de Autazes serão obrigados a apresentar comprovante de vacinação contra a Covid-19

Decreto prevê também a aplicação de penalidades para os funcionários que não apresentarem o comprovante

 

Foto: Reprodução / SEMSA

O prefeito Anderson Cavalcante (Avante) da cidade de Autazes (localizada a 111 km de distância da capital) decretou na última segunda-feira (19) que todos os servidores do município deverão apresentar no setor de Recursos Humanos do órgão, o comprovante de imunização contra a Covid-19.

O Decreto Nº 49/2021 prevê ainda a aplicação de sanções administrativas (penalidades) para os servidores que não apresentarem o comprovante nos próximos 15 dias.

Anderson justificou a ação, considerando que o município realizou recentemente um mutirão de vacinação contra a Covid-19, que comtemplou todas as pessoas acima dos 18 anos de idade.

“Segundo comprovação científica, a vacina é o método mais eficaz de combater a propagação da Covid-19 e a mortalidade por ela causada.”, diz trecho do decreto.

De acordo com dados da Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Pinto (FVS-RCP) Autazes possui 17.062 pessoas vacinadas com a 1ª dose do imunizante, 7.864 pessoas vacinadas com a 2ª dose e 80 pessoas vacinadas com a dose única da vacina. No total, foram aplicadas 25.006 doses.

Confira o decreto na íntegra:

Decreto Nº 49/2021