Anúncio Advertisement

Servidores do Ipaam são presos por corrupção passiva e cobrança de multa irregular de R$ 200 mil

O fiscal Franklin Ramos da Silva, 39, e o assistente técnico Uziel Sevalho da Silva, 58, servidores do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), foram presos em flagrante nessa segunda-feira (10), após cobrarem, irregularmente, R$ 200 mil em multa a uma empresa que estava com todas as licenças regulares.

De acordo com informações da assessoria da Polícia Civil, as investigações em torno do caso foram iniciadas após a denúncia de uma funcionária de uma empresa privada, alegando que a dupla aplicaria uma multa no valor de R$ 200 mil ao local, mesmo a empresa possuindo toda a documentação e licenças para o funcionamento de forma regular.

Os funcionários foram identificados e presos por policiais do 20º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Em nota, o Ipaam informou que após tomar conhecimento das prisões, afastou os dois servidores de suas funções. Além disso, abriu processo administrativo para apurar os fatos envolvendo os agentes públicos. 

Com informações da assessoria de comunicação da Polícia Civil.