SES-AM diz que só vai decidir sobre vacinação em crianças no AM após informe do Ministério da Saúde

A pasta ainda não definiu se irá exigir ou não prescrição médica para vacinar crianças de 5 a 11 anos

variante vacina

Foto: Sergio Perez/Reuters

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), ainda não definiu se irá exigir ou não prescrição médica para vacinar crianças de 5 a 11 anos contra a covid-19 no estado.

Conforme a pasta, o Governo aguarda um informe técnico do Ministério da Saúde, que coordena a Campanha de Imunização no país.

Até este sábado (25), 13 estados decidiram que não irão tornar o documento obrigatório para administrar o imunizante no público.

A exigência foi recomendada pelo ministro Marcelo Queiroga e foi vista pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), como uma forma do Governo Federal dificultar a vacinação das crianças.

A população acredita que a postura do ministério da saúde está seguindo a opinião particular do presidente Bolsonaro, que desacredita publicamente na vacina desde o início da campanha no país.