Sinais de “incêndio” no ar

Foto: Sofia Lorrane/Divulgação

Os sinais do Radar para essa segunda-feira, 22 de abril, são de que um grande “incêndio” pode acontecer. Chegaram informações no Radar de que os professores ligados ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam) preparam uma manifestação de dimensões históricas para o dia.

O local escolhido pelo Sinteam para concentração foi a Ponte Rio Negro, para onde virão professores de diversos municípios do Estado, como por exemplo, Iranduba, Manacapuru, Novo Airão e demais cidades da Região Metropolitana.

Já o Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus (Asprom Sindical), convocou ato público para a frente da Sede do Governo e diz que armará barraca, ou seja, poderá montar acampamento na porta do governador Wilson Lima (PSC) para esperar por uma contraproposta. O diretor-financeiro do Asprom Sindical, Lambert Melo, demonstrou estar confiando mais na possibilidade do governo apresentar uma contraproposta melhorada para a categoria, após uma reunião com o secretario de Estado da Fazendo, Alex Del Gigio, na quarta-feira passada (17).

Os professores reivindicam um reajuste de 15%, enquanto o Governo quer conceder 3,93% de reposição salarial.

E diante desse quadro, é melhor o governo sair da pasmaceira que parece se encontrar e preparar pelo menos uma dança da chuva pra apagar esse incêndio que se aproxima.