Sinésio entrega a liderança da bancada governista e dá o primeiro sinal visível de que o PT está deixando o Governo de Melo

SINESIO-CAMPOS-PTO deputado estadual Sinésio Campos (PT) anunciou sua saída da liderança do Governo, durante a sessão plenária desta quinta-feira (15), na Assembleia Legislativa do Estado (ALE). O petista deixa a função de líder após oito anos defendendo os projetos e posicionamentos do Governo na ALE – foi escolhido pela primeira vez pelo então governador Eduardo Braga. Ele anunciou sua saída em Comunicado de Liderança e fez  um balanço da  sua atuação como líder.  O parlamentar destacou a parceria e apoio dos pares na aprovação de projetos apresentados e falou sobre o desempenho dele na função.

“Sempre tive a liderança do governo como um instrumento de diálogo entre a base governista e a oposição. Foram oito anos de aprendizado e uma trajetória sem percalços, sendo eu escolhido por quatro mandatos consecutivos para ser Líder de Governo. Agradeço a todos os governos que me deram oportunidade: o Governo Eduardo Braga, duas vezes o Governo Omar Aziz e agora, o governo José Melo e espero ter contribuído para o desenvolvimento do Estado”, declarou.

Os deputados Marcos Rotta (PMDB), Wanderley Dallas (PMDB), Vicente Lopes (PMDB), Belarmino Lins (PMDB), Marcelo Ramos (PSB) e Conceição Sampaio (PP) destacaram as atividades desenvolvidas pelo parlamentar à frente da Liderança do Governo, como na defesa da implantação do polo naval e na exploração mineral no Estado.

Coincidentemente (?), Sinésio votou a favor das propostas defendidas pelos professores e contra o projeto original do Governo. Após anos defendendo as propostas governistas, foi surpreendente ver o petista votando junto com a bancada de oposição na Casa. (Any Margareth)