Site de carta pela democracia sofre mais de 1.500 ataques hacker

Detratores têm usado xingamentos para tentar tumultuar a lista de signatários; organização montou esquema de segurança digital

Foto: reprodução

site Estado de Direito Sempre!, que coleta assinaturas para a “Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado democrático de Direito”, já sofreu 1.538 tentativas de ataques hackers desde terça-feira (26), quando foi aberto ao público.

REEDIÇÃO

Considerado uma resposta às ameaças golpistas do presidente Jair Bolsonaro (PL), o texto defende os tribunais superiores, as eleições e a democracia.

DOBRADINHA

O documento também pretende homenagear os 45 anos da “Carta aos Brasileiros”, lida na Faculdade de Direito no ano de 1977. Professores e ex-alunos da universidade estão empenhados na coleta das assinaturas, com apoio de entidades da sociedade civil como o grupo Prerrogativas.

VISITA

Até esta quarta (27), a plataforma que hospeda a carta já havia recebido mais de 4,5 milhões de acessos e somava mais de 100 mil assinaturas. Entre os signatários estão os ex-ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa e Nelson Jobim, além de juristas, personalidades e banqueiros como Roberto Setubal e Pedro Moreira Salles.

ALVO

Além dos ataques que tentam tirar o site do ar, detratores têm usado xingamentos e nomes falsos para tentar tumultuar a lista de signatários.

LUPA

A organização do manifesto, porém, tem lançado mão de uma análise criteriosa e informatizada para checar a autenticidade dos subscritos. CPF e IPs são alguns dos dados levados em consideração para evitar fraudes.

MÁQUINA

“Estão divulgando o nosso site na deep web para incentivar hackers a derrubá-lo, mas não conseguiram”, afirma o procurador-geral do Ministério Público de Contas de SP Thiago Pinheiro Lima, que integra a organização da carta. “Não conseguiram e não vão conseguir”, acrescenta.