Sobe para 120 número de mortes pelas chuvas em Pernambuco

Um dos corpos foi achado na tarde desta quarta (1º), na Vila dos Milagres, no Barro, Zona Oeste do Recife, e o outro na comunidade Bola de Ouro, em Jaboatão.

Foto: divulgação

Subiu para 120 o número de mortos pelas chuvas em Pernambuco, segundo o balanço divulgado pelo governo de Pernambuco na noite desta quarta-feira (1º). Cinco corpos foram resgatados pelos bombeiros e outros nove cadáveres que chegaram ao Instituto de Medicina Legal (IML), vindos de unidades de saúde, também eram de pessoas que morreram em consequência dos temporais registrados desde o dia 25 de maio.

Dois desses corpos de vítimas das chuvas foram localizados, no final da tarde desta quarta-feira (1º), no Grande Recife. Um deles estava na Vila dos Milagres, no Barro, na Zona Oeste da capital, e o outro foi achado na comunidade Bola de Ouro, no bairro de Curado 4, em Jaboatão dos Guararapes. Com isso, subiu para 109 o número de mortos em Pernambuco desde o dia 25 de maio.

Por volta das 17h30, os bombeiros retiraram dos escombros o segundo corpo achado nesta quarta na Vila dos Milagres. Antes, no início da tarde, o corpo de uma criança havia sido localizado onde uma barreira deslizou na localidade. Uma terceira pessoa é procurada nessa área pelas equipes de resgate.

Em Jaboatão, o corpo de uma mulher foi encontrado com a ajuda de um cão farejador do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais chamado Bono. Esses três corpos achados não constavam nas últimas estatísticas divulgadas pelo governo do estado. O balanço mais recente, liberado às 11h, apontava 106 mortes, além de 6.650 desabrigados.

Cachorro farejador do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais achou corpo de vítima na comunidade Bola de Ouro, no Curado 4, em Jaboatão dos Guararapes — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Cachorro farejador do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais achou corpo de vítima na comunidade Bola de Ouro, no Curado 4, em Jaboatão dos Guararapes — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

De acordo com o major Vieira de Melo, que comanda as buscas na Vila dos Milagres, o corpo da criança estava embaixo de cerca de três metros de terra.

“Foi encontrado em decúbito ventral [de bruços]. O trabalho dos cães foi essencial para que tivéssemos êxito na localização. Nosso trabalho continua, nós só sairemos daqui quando encontrarmos a última vítima”, declarou

Os bombeiros ainda fazem buscas por vítimas confirmadas nos seguintes pontos:

  • Vila dos Milagres, Zona Oeste do Recife: 1 vítima (deslizamento);
  • Rua Henrique de Holanda, Areeiro, Camaragibe: 1 vítima (deslizamento);
  • Limoeiro, no Agreste: 1 vítima (deslizamento).
  • Paratibe, em Paulista: 1 vítima (enxurrada);
  • Centro de Jaboatão dos Guararapes: 1 vítima (enxurrada).

Atuam nas buscas mais de 403 profissionais do Corpo de Bombeiros de Pernambuco e outros estados, Forças Armadas, Secretaria de Defesa Social (SDS), Defesa Civil e órgãos municipais.