Sobe para 519 o número de casos confirmados de sarampo em Manaus

Foto.Altemar Alcantara/Semcom

O número de casos confirmados de sarampo na capital aumentou de 444 para 519, segundo aponta o 20º Informativo Epidemiológico de Monitoramento dos Casos de Sarampo divulgado nessa segunda-feira (23) pela Prefeitura de Manaus. No período de uma semana, foram confirmados 75 novos casos da doença. No total, Manaus tem 3.528 notificações de sarampo, o que inclui os 519 casos já confirmados, os 2.890 que estão em investigação e 119 que foram descartados.

Segundo os dados, 48,9% dos casos confirmados estão na faixa etária de até cinco anos, seguido da faixa etária de 20 a 29 anos (17%). Entre todas as notificações, que abrangem os casos ainda em investigação, a faixa etária de 20 a 29 anos é a mais atingida, representando 25,1%.

Por local de residência, do total de 3.528 notificações, a zona Norte registra 1.322 casos notificados, a zona Leste tem 1.174, zona Oeste com 478, zona Sul com 508 e zona Rural com 46 casos.

Varredura vacinal

Como parte da segunda etapa do Plano de Intensificação Contra o Sarampo em Manaus, a Semsa está executando uma varredura vacinal nos três bairros com maior incidência de casos: Jorge Teixeira, na zona Leste, e Cidade Nova e Novo Aleixo, na zona Norte.

Durante a varredura, profissionais de saúde realizam a avaliação da situação vacinal da população, com visitas domiciliares, para a vacinação na faixa etária de seis meses a 49 anos. O trabalho acontece de segunda a sexta-feira, das 15h às 20h. Nos finais de semana, a varredura é feita no horário das 8h às 13h.

Apenas nesta segunda, não houve a “varredura vacinal” no bairro Jorge Teixeira, zona Leste da cidade, em decorrência de problemas de energia elétrica naquela área, informou a Semsa. A secretaria acrescentou que os trabalhos serão retomados nesta terça-feira (24), seguindo os roteiros preestabelecidos.