Soberano no Morumbi, Timão vence Tricolor e tem vantagem na Recopa

emerson_douglas

O Majestoso é um clássico que dificilmente tem favorito, já que São Paulo e Corinthians, gigantes, costumam se equivaler. Nesta quarta-feira, porém, um dos rivais mostrou que está um degrau acima em organização tática, técnica e composição de elenco. Em atuação segura e com um lance de gênio de Renato Augusto, o Timão venceu o jogo de ida da decisão da Recopa Sul-Americana por 2 a 1, no Morumbi, e ficou em situação confortável para a partida de volta, dia 17, no Pacaembu, quando jogará pelo empate para ser campeão. Vale ressaltar que não há o critério de gol marcado fora de casa.

Guerrero abriu o placar no primeiro tempo, Aloísio empatou e incendiou o jogo no segundo, contando com uma falha grotesca de Cássio. Aos 30 do segundo tempo, coube a Renato Augusto fazer a diferença. Em um lindo toque por cobertura, aproveitou erro de posicionamento de Rogério Ceni e deu a justa vitória ao Corinthians. O meia, recuperado de lesão após três meses sem jogar, entrou no lugar de Douglas (que, por sua vez, havia substituído Danilo) e mostrou que tem bola para ser titular do Timão. Mesmo sem Paulinho, Tite tem em mãos uma equipe bem mais coesa. Ney Franco está longe de ter o mesmo domínio sobre o elenco.

O Morumbi é cada vez mais a casa corintiana. Sem perder para o São Paulo no estádio desde 2007, o Timão aumentou sua série invicta para 11 jogos – cinco vitórias e seis empates. Insatisfeita, a torcida tricolor gritou contra Ney Franco e lembrou o nome de sua maior sombra: Muricy Ramalho, tricampeão brasileiro entre 2006 e 2008. O estádio recebeu 31.691 pagantes, público abaixo da expectativa para uma decisão entre dois rivais.

Agora, os dois times voltam suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O São Paulo tem um clássico contra o Santos, domingo, às 16h (horário de Brasília), no Morumbi. No mesmo dia e horário, o Corinthians enfrenta o Bahia, em Salvador.

Fonte: GE