SPA do Galiléia está sem ortopedista e máquina de raio-x, denunciam pacientes (ver vídeo)

Outra denúncia é de que a unidade de saúde sofre com a falta de materiais

Após receber uma denúncia,  o Radar Amazônico constatou que o Serviço de Pronto Atendimento Médico (SPA) do Galiléia, na zona Norte de Manaus, está sem ortopedista e exame de Raio-x. Quem chega na unidade de saúde se depara com um placa informando que o “raio-x da unidade é digital e somente para atendimento interno”. Quem precisar deste tipo de atendimento terá que se deslocar ao SPA da Redenção ou São Raimundo. (veja live ao final da matéria).

Ao chegar na unidade, o Radar pediu uma explicação dos servidores sobre há quanto tempo a unidade está sem esse atendimento, no entanto, ninguém quis dizer e informaram que somente a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) poderia dar a informação.

Falta de material

Além da falta de ortopedista, outra reclamação constante é sobre a falta de materiais. Durante a live do Radar, o paciente Gilmar Nascimento contou que procurou a unidade de saúde após sentir dores na garganta mas, não foi medicado devido à falta de material.

“O que colocaram de observação na ficha de medicação é que não tem material, porém a doutora identificou na ficha a principal medicação que é diclofenaco. Então a doutora falou que eu tinha que tomar somente dipirona para passar a dor, mas eles não especificam se não tem remédio ou se é falta de seringa”, disse David Nascimento.

Durante a transmissão do Radar não faltaram comentários que confirmam as denúncias. “Nunca teve ortopedista e a máquina de raio-x nunca prestou”, disse o internauta Maico Santos. Já a internauta Silvana Rodrigues completou: “Na verdade, não tem nada lá, até os médicos só querem estar no celular”.

O Radar entrou em contato com a SES-AM para questionar quando a máquina de Raio-X será consertada e quando a especialidade de ortopedia voltará a ser oferecida na unidade, mas até a publicação desta matéria não obteve resposta.