Suspeitos de agredir e matar cães e gatos para consumo são presos em Manaus

Na noite da última quinta-feira (18), dois homens foram presos por suspeita de maus-tratos de animais. Os suspeitos viviam em um barraco na avenida Constantino Nery, bairro Presidente Vargas, zona Sul de Manaus, onde foram encontrados três cães e dois gatos amarrados.

Moradores da região levantaram a suspeita de que os homens capturavam cachorros durante o dia e a noite matavam os animais a pauladas para comê-los.

Após denúncia anônima, membros da Comissão Especial de Proteção aos Animais, da Ordem dos Advogados do Brasil (CEPA OAB/AM) foram até o local acompanhados com apoio policial da 24ª Companhia Interativa Comunitária (CICOM). Lá foram encontrados três cachorros amarrados e dois gatos, todos magros e em condição de maus-tratos, sem água e comida.

A advogada Goreth Rubim, membro da CEPA, descreve os relatos dos vizinhos. “Os moradores disseram que já tinham ouvido gritos de cachorros, sons de pauladas e tinham visto muito sangue próximo ao local. Disseram que esses suspeitos estavam sempre com cachorros e estes começaram a sumir”, disse.

Os suspeitos foram presos e encaminhados para o 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde devem responder pelo crime. Os animais encontrados no local foram resgatados e, na manhã desta sexta-feira (19), passaram por avaliação veterinária.