Suspeitos pelo latrocínio de frentista são presos no Cacau Pirêra

William Correia de Souza, 22 anos, foi preso em flagrante na noite de quinta-feira (5) por envolvimento no latrocínio do frentista Miqueias Junior Portela Santana, 27, informou a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM). Na manhã desta sexta-feira (6), um adolescente de 17 anos foi apreendido, dentro da casa da própria tia, suspeito de envolvimento no crime.

A PC conseguiu encontrar a mochila da vítima, na casa do adolescente de 17 anos, situada no Conjunto Nova Veneza. A bolsa foi levada durante a prática criminosa. De acordo com informações da PC – AM, um terceiro envolvido no crime está sendo procurado pelas equipes do 31º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e do Posto de Policiamento Integrado (PPI).

Os suspeitos têm relação com o tráfico de drogas. William possui passagem policial pelo crime de tráfico de drogas, em 2019. O infrator e o adolescente envolvidos no crime serão apresentados ao poder judiciário para responder pelo latrocínio.

O crime

O latrocínio ocorreu na noite de ontem (5) em um posto de combustíveis situado na rodovia Manoel Urbano, no Distrito do Cacau Pirêra, no município de Iranduba (distante 27 quilômetros em linha reta de Manaus).

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO) registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Miqueias estava trabalhando quando dois indivíduos chegaram em uma moto e durante o assalto alvejaram a vítima.

Miqueias foi encaminhado ao Hospital e Pronto Socorro Doutor João Lúcio Pereira Machado, localizado na Avenida Comes Ferreira, bairro Coroado, Zona Leste de Manaus, mas não sobreviveu aos ferimentos e foi a óbito na unidade hospitalar.