Suposto assassino de venezuelana se entrega à polícia

Foto: divulgação

Na tarde desta sexta-feira (6), Elder Figueiredo Ribeiro, de 36 anos, se entregou à polícia por ser suspeito de matar a venezuelana Franyerlis Pastora Escobar Almao, de 25 anos, assassinada no último domingo (1°) em seu apartamento na rua Juriti, bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus.

O homem foi até é Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) por volta das 15h, junto com seu advogado. Elder nega ser autor do crime, mas os investigadores do Núcleo de Feminicídio da especializada, possuem imagens que mostram o suspeito correndo em frente ao apartamento da vítima, minutos depois de ser assassinada.

Antes de Elder ser considerado suspeito, o companheiro de Franyerlis, o também venezuelano Rodrigo Alfonzo Mendoza Orta, de 39 anos, prestou depoimento na DEHS no dia do crime, pois estava na casa quando a esposa foi morta. Mas a polícia o descartou ser autor do crime.

Além da prisão temporária pela morte da mulher, os policiais civis também cumpriram um mandado de prisão no nome de Elder por assalto a mão armada.

O suspeito está detido na carceragem na unidade policial aguardando o exame de corpo de delito que fará no Instituto Médico Legal (IML) no sábado (7). Após isso ele será encaminhado à audiência de custódia onde a justiça decidirá qual a sentença dele.