Talentos em disputa nos concursos de musica promovidos pela Sec

Mais de 60 talentos da música do Amazonas disputam nos concursos para cantores e instrumentistas promovidos pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura. A competição musical abrange quatro certames: Concurso Canto da Floresta de Música Popular e Erudita, Concurso de Piano Maria Izabel Desterro e Silva, Concurso de Violino Stela Mota, e Concurso de Violão Domingos Lima, promovidos dentro do âmbito do Programa de Apoio às Artes – Proarte.

Ao todo, 67 candidatos garantiram inscrição nos concursos, que terão audições e seleção de ganhadores ao longo do mês de outubro, em duas etapas: Prova Eliminatória e Prova Final, ambas no Centro Cultural Palácio da Justiça. A cerimônia de premiação está marcada para a noite do dia 27, sexta-feira, no Teatro Amazonas, reunindo participantes de todas as modalidades.

Em conjunto, os concursos promovidos pela Secretaria de Cultura servem de instrumento para revelar e mapear os novos talentos da música no Amazonas. É o que assinala o secretário de Cultura, Robério Braga. “As competições musicais são um incentivo para a busca de conhecimento e o aperfeiçoamento constante dos artistas da música nestas quatro categorias, sejam iniciantes e experientes”, diz.

Agenda

A primeira etapa de audições – Eliminatória – dos quatro concursos se dará de terça (3) a sexta-feira (6). Segundo o calendário de provas – disponível por meio do site Editais da Cultura, no endereço http://editais.cultura.am.gov.br –, os primeiros avaliados serão os candidatos do Concurso de Piano Maria Izabel Desterro e Silva, com provas na terça-feira (3), de 8h a meio-dia, para categoria até 15 anos; e das 14h às 18h, para categoria a partir dos 16 anos.

Na quarta-feira (4), é a vez dos concorrentes do Concurso de Violino Stela Mota: as audições serão de 8h a meio-dia, para categoria até 16 anos; e das 14h às 18h, para categoria a partir dos 17 anos. Na quinta (5), os inscritos no Concurso de Violão Domingos Lima fazem audição das 8h ao meio-dia, na categoria Repertório Popular, e das 14h às 18h, na categoria Repertório Erudito. Todas as provas serão na Sala de Música do Palácio da Justiça.

Os candidatos do Concurso Canto da Floresta de Música Popular e Erudita se reúnem na sexta-feira (6). Todas as audições acontecem das 8h ao meio-dia e das 14h às 18h, na Sala de Música, para a categoria Popular; e na Sala de Cinema, para a categoria Erudito.

Os candidatos aprovados para a segunda etapa – Final – poderão ensaiar para a nova avaliação no período de 9 a 20 de outubro. As audições da etapa serão realizadas de 23 a 26 de outubro, seguindo a mesma ordem dos concursos e os mesmos horários.

Os ganhadores dos quatro concursos, em cada categoria, serão conhecidos na noite do dia 27 de outubro, sexta-feira, no Teatro Amazonas, onde acontecerá a premiação dos vencedores. Além da entrega de prêmios e troféus, haverá homenagens a figuras de peso do cenário musical amazonense.

Prêmios e ganhadores

Os vencedores de cada categoria dos quatro concursos receberão prêmios de R$ 2.500, R$ 2.000 e R$ 1.000, em valores brutos, respectivamente para os 1º, 2º e 3º lugares, além de Troféu Oficial. Cada concurso vai agraciar também dois de seus candidatos finalistas com o Prêmio Revelação, com premiação correspondente a R$ 1.000, em valor bruto, mais troféu.

Todos os concursos tiveram inscrições abertas à participação de brasileiros e estrangeiros radicados no Brasil, com residência comprovada no Amazonas de pelo menos dois anos. Cada concorrente disputa em apenas uma categoria, sendo vedada a participação de concorrentes que sejam alunos ou tenham grau de parentesco com membros das bancas julgadoras de seus respectivos concursos.

Para mais informações sobre essas e outras ações, projetos e atividades desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Cultura, acesse o Portal da Cultura (www.cultura.am.gov.br). Confira também os perfis do órgão nas redes sociais Facebook (facebook.com/culturadoamazonas), Twitter (@SEC_Amazonas) e Instagram (@secretariaculturaamazonas).

Fonte: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura