Tão jovens –três de 18 anos e um de 20 anos – e já “fichados” sob acusação de roubo

quatro fichados

Em coletiva de imprensa, realizada na Delegacia Geral de Polícia, lá estavam eles postos contra a parede, com um papel pregado ao peito onde está escrito, com letras garrafais, o nome da delegacia que os prendeu, DERFV (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos), o nome completo de cada um, a data de nascimento e o crime do qual são acusados pela polícia, roubo de carro. David da Silva Pontes, Henrique Costa de Lima e Matheus Ícaro de Menezes Lobato, todos de 18 anos, e Jhonatha Gabriel Martins, 20 anos, são acusados pela polícia do roubo do veículo de um taxista, na última terça-feira, dia 5. Também foram apreendidos mais três adolescentes, no momento da prisão de Henrique e Jhonata.

O delegado titular da DERFV, Péricles do Nascimento disse que os quatro jovens teriam roubado o veículo Siena de um motorista de taxi, no dia 5, por volta das 22h, na Avenida Camapuã, bairro Tancredo Neves, zona Leste de Manaus. Henrique e Jhonata foram presos por policiais militares na madrugada do dia 6, por volta das 5h, no carro da vítima. Os autores estavam na companhia de três adolescentes no momento da abordagem, os quais foram encaminhados para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI), onde foram ouvidos e, posteriormente, liberados.

Após a prisão da dupla, segundo Nascimento, a equipe da DERFV iniciou uma nova diligência na busca dos outros envolvidos. “Após as investigações, conseguimos efetuar a prisão de David na residência dele, localizada na Rua Raquel, bairro Petrópolis, zona Sul. Na ocasião, Matheus também estava no imóvel e foi preso pelos policiais”, disse o delegado.

Segundo a equipe que atuou no caso, foram apreendidos na casa de David, um aparelho de som e a chave de um veículo, pertencentes a outro taxista que havia sido assaltado pelo bando ainda no dia 6. No curso dos trabalhos investigativos, também foram encontrados uma faca e um simulacro de arma de fogo, utilizados pelos jovens para cometer os crimes.

De acordo com o delegado Péricles do Nascimento, não é a primeira vez que a quadrilha age. “Os quatro indivíduos são contumazes na prática de roubo de carros, principalmente de taxistas. Após os assaltos, eles cometiam outros delitos e, em seguida, abandonavam os veículos das vítimas”, mencionou.

Os quatros infratores foram autuados em flagrante por roubo majorado, associação criminosa e corrupção de menores. Após os procedimentos legais, eles serão encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde aguardarão a decisão da Justiça.

Fotos: Sérgio Augusto/ Assessoria de Imprensa da PC-AM