Tarcísio de Freitas diz que não pode haver preconceito com quem é de fora de SP

Agência Brasil

Pré-candidato ao governo de São Paulo, o carioca Tarcísio de Freitas (Republicanos) preparou vídeo para ser veiculado em suas redes sociais exaltando o papel dos imigrantes na construção do estado.

A peça, produzida pelo publicitário Pablo Nobel, é uma vacina contra um dos pontos mais explorados por seus adversários ao Palácio dos Bandeirantes, o fato de não ter nascido nem feito carreira política no estado.

“Somos um estado construído por imigrantes, e jamais São Paulo seria o que é sem a gente. Somos a terra da diversidade, mas precisamos ser também a terra da união. E com certeza, não é com preconceito que nós vamos conseguir”, diz ele no vídeo.

Imagens de representantes de comunidades como japoneses, árabes, italianos, gaúchos e nordestinos são mostradas, assim como um mosaico de rostos que inclui o do próprio ex-ministro.

No final, Tarcísio repete uma frase que deve se tornar um bordão de sua campanha para tratar do tema. “Não importa de onde viemos, mas para onde vamos, porque é assim que a gente vai mais longe”, diz.

Como mostrou o Painel, a candidatura de Tarcísio deve contra-atacar a “acusação” de não ser paulista com referências a xenofobia e preconceito, e ao papel dos imigrantes na história do estado.