Tarifa do transporte público será paga apenas com Cartão Passafácil

A partir de novembro deste ano, o pagamento da tarifa de ônibus na capital será “exclusivamente por meio do Sistema de Bilhetagem Eletrônica”, mais conhecido por Cartão Passafácil. A determinação consta no decreto 4.587 assinado pelo prefeito, Arthur Virgílio Neto e publicado no Diário Oficial do Município de Manaus (DOE), na edição da última quinta-feira (19).

Segundo o documento, as empresas que prestam o serviço de transporte público para a população manauara terão o prazo de 60 dias para adotar as medidas necessárias para o uso exclusivo “do smart card, a fim de universalizar o acesso aos bilhetes eletrônicos”. Atualmente o pagamento da passagem também pode ser feito com dinheiro em espécie. 

A mudança é mais uma das medidas tomadas pela Prefeitura de Manaus, que desde julho deste ano, deu início à uma intervenção financeira nas empresas de ônibus com o objetivo de melhorar todo o sistema da cidade. 

No início desta semana, os empresários reduziram a frota de ônibus na capital em 20%, o que na avaliação de Arthur, seria um “boicote” em retaliação à intervenção. “Eu vou às últimas consequências. É guerra que eles querem, então, terão guerra. Vou mostrar que no final quem vai ganhar é a população de Manaus”, declarou em coletiva de imprensa, no último dia 18.

Confira decreto na íntegra