Taxa de inscrição do Enem deve ser paga até esta quarta-feira

enem-2014Quem se inscreveu para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não tem direito a isenção da taxa de inscrição, tem até esta quarta-feira (28) para fazer o pagamento do boleto bancário de R$ 35, caso ainda não tenha realizado. Quem não efetuar o pagamento terá a inscrição cancelada.

Ficam isentos da cobrança todos os alunos de escola pública ou que comprovarem renda familiar mensal por pessoa inferior a 1,5 salário mínimo (R$ 1.086).

O ministro da Educação, Henrique Paim, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Chico Soares, anunciaram neste sábado (24), em Brasília, que 9.519.827 pessoas se inscreveram para a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014.

De acordo com os dados divulgados, houve um aumento de 21,8% no número de inscritos em relação à edição de 2013, quando 7.834.017 se inscreveram. Em 2012, foram 6.495.446 inscritos e em 2011 haviam sido 6.221.697.

Só depois do fim do prazo para o pagamento da taxa é que o Inep deve divulgar o número final de pessoas inscritas e aptas a fazer a prova, que este ano será realizada nos dias 8 e 9 de novembro.

Em 2013, 7,8 milhões de alunos fizeram a inscrição, mas, como muitos não pagaram a taxa, no final 7,1 milhões de candidatos puderam prestar o exame. Nos dias do Enem, compareceram efetivamente mais de 5 milhões de estudantes.

O ministro Henrique Paim informou que, em média, 60% dos inscritos são isentos do pagamento, mas que os demais devem fazer o pagamento até, no máximo, quarta-feira (28). O pagamento pode ser feito também pela internet ou caixa eletrônico.

O exame deverá ser usado pelas 115 universidades e institutos federais para acesso a cursos de graduação. Os candidatos podem tirar dúvidas sobre a inscrição em um passo a passo no site enem.inep.gov.br.

O ministro da educação, Henrique Paim, disse no sábado que, a partir deste exame, algumas universidades, como a Universidade Federal de Goiás, ampliaram as vagas por meio do sistema de seleção unificado. Conforme o ministro, termina em agosto o prazo para novas instituições se cadastrarem.

Realização das provas

Assim como nos anos anteriores, o Enem ocorrerá em dois dias seguidos. No sábado, dia 8, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, das 13h às 17h30 (horário de Brasília). No domingo, dia 9, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Nessa data, o tempo do exame será mais longo, entre as 13h e as 18h30 (horário de Brasília).

Segundo o MEC, serão impressas 18,3 milhões de provas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile – estas três últimas, para quem tem diferentes graus de deficiência visual) em 1.699 municípios do país. Este ano, 785 mil funcionários vão ajudar na realização do Enem, entre coordenadores de locais de aplicação, assistentes de coordenação, chefes de sala, fiscais e apoio. Em todo o Brasil, haverá 16,6 mil locais de exame.

Fonte: G1