Tayah anuncia diálogo com investidores estrangeiros para sanear dívidas e reativar a Santa Casa

CMMO vereador e médico Isaac Tayah anunciou, durante a sessão plenária da Câmara Municipal de Manaus (CMM) desta segunda-feira (04) que grupos de empresários europeus demonstraram interesse em investir financeiramente no Hospital Santa Casa de Misericórdia. O parlamentar acredita em uma parceria com a iniciativa privada para que a dívida de mais de R$ 40 milhões poderá ser sanada e assim reativar a entidade filantrópica, que há mais de dez anos está com as portas fechadas.

De acordo com Tayah, a tentativa de sanar a dívida com os credores deverá partir de outros países como Canadá e Portugal, que demonstraram interesse em reativar as atividades da Santa Casa, e assim dá um norte ao hospital. O interesse de investimento dos europeus em Manaus, segundo o parlamentar, se dá pela movimentação financeira do país, além disso, os grupos pretendem que a cidade cresça e lhes tragam retorno no que for investido. “A Santa Casa, como órgão filantrópico tem que ter sua própria saída”, disse o vereador.

Tayah também destacou a questão do sistema online do hospital, que deverá está integrado ao Sistema Único de Saúde (SUS) quanto aos aos atendimentos médicos. “Vamos entrar em ação após o período eleitoral, até porque já conversamos com esses grupos de empresários portugueses que têm interesse em investir no estabelecimento de saúde”, reafirmou Tayah.