TCE determina investigação sobre envolvimento de estagiário em esquema criminoso

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), acionou a Corregedoria-Geral do TCE para apurar o suposto envolvimento de um estagiário da Corte de Contas em um esquema criminoso para tomar posse da prefeitura de Coari e se beneficiar de dinheiro público.

Na nota divulgada à imprensa, a presidente do TCE, conselheira Yara Lins do Santos, informa sobre o pedido de instauração de investigação feito nessa quarta-feira (27) e ressalta que o “colegiado do TCE-AM reprova veementemente tais condutas e que irá esclarecer a questão de forma transparente e imediata”.

Quem denunciou o esquema, foi o prefeito do município Adail Filho, na Procuradoria Geral do Ministério Público do Amazonas (MPE-AM), nessa terça-feira (26). No documento, Adail anexou áudios que comprovariam o ato criminoso, que teria ainda entre seus membros vereadores e até mesmo um promotor de Justiça de Coari.