Técnico Wladimir Araújo deixa comando do Manaus FC

Após anúncio da saída do técnico Wladimir Araújo do comando do Manaus FC, o auxiliar Igor Cearense assume interinamente a equipe. A informação foi dada nessa quarta-feira (28), logo depois de uma reunião entre dirigentes e o treinador que trataria do planejamento para as próximas partidas e competições. No entanto, Wladimir surpreendeu ao pedir desligamento.

Ele justificou sua decisão com o fato de não ter alcançado os objetivos traçados pela diretoria, que eram a vaga na segunda fase da Copa do Brasil, que escapou no último minuto no pênalti defendido pelo goleiro do CSA, e também o título do primeiro turno do Estadual – o time foi eliminado na semifinal diante do Penarol, por 3 a 2. A meta de avançar à segunda fase da Copa Verde foi cumprida.

“A reunião com a diretoria deixou bem claro que a intenção não era trocar, mas eu falei para eles que realmente eu fiquei decepcionado comigo mesmo de ter não conseguido o objetivo do Estadual e da Copa do Brasil, só da Copa Verde. Deixei para eles essa situação de que eu não queria continuar mais, de forma nenhuma a diretoria queria que eu saísse”, disse o treinador.

Wladimir desejou sorte ao clube e acredita que Igor Cearense, com quem trabalhou desde a pré-temporada em dezembro, tem condições de dar continuidade ao projeto do Manaus FC no Estadual, Copa Verde e Série D do Brasileirão. “O Igor está aí também, que é um cara que é muito parceiro, um irmão que eu tenho aqui no clube e tem condição de continuar esse projeto. Que Deus possa abençoá-lo”, concluiu Wladimir.

O auxiliar Igor Cearense que assume interinamente a equipe, já tem o compromisso neste sábado (3), às 16h, no estádio da Colina, contra o São Raimundo, pela primeira rodada do returno do Campeonato Amazonense.

O presidente Giovanni Silva informou que a diretoria teve reunião nessa quarta-feira (28) com o grupo de jogadores para avaliação do trabalho do primeiro turno e planejamento para a conquista do returno do Campeonato Amazonense. “Vamos reorganizar a casa para trabalhar e vencer o segundo turno e consequentemente chegar à final e buscar o bicampeonato”, explicou o dirigente do Gavião do Norte.

A frente do Manaus FC, Wladimir totalizou 10 jogos, sendo três vitórias, cinco empates e duas derrotas.