Temer dará entrada no Hospital Sírio-Libanês para avaliar eventual necessidade de cateterismo

O presidente Michel Temer (PMDB) chegou a São Paulo na tarde dessa sexta-feira (24). Ele dará entrada no Hospital Sírio-Libanês, no Centro de São Paulo, no início da noite para avaliar se passará por um cateterismo para desobstruir uma artéria coronária.

Há a possibilidade de que seja colocado um stent no vaso sanguíneo parcialmente obstruído. Segundo informou a jornalista Andréia Sadi em seu blog, o presidente aproveita a internação para passar por avaliação do procedimento urológico a que foi submetido no fim de outubro, que consistiu de “desobstrução uretal através de ressecção da próstata”.

A obstrução parcial da artéria coronária de Temer foi divulgada à imprensa em 10 de outubro. Segundo a TV Globo apurou, Temer cogitou fazer o procedimento naquela época, mas optou por adiar para depois da votação pela Câmara dos Deputados da denúncia por organização criminosa e obstrução de Justiça. A Casa rejeitou a acusação.

À época, o Palácio do Planalto declarou que Temer goza de perfeita saúde. E acrescentou que, nos exames, “não foi constatado nem reportado ao presidente nenhum problema”.

Fonte: G1