Temer passa por cirurgia em SP para desobstrução da uretra

Presidente terá de usar sonda para normalizar funcionamento do órgão. Segundo o Planalto, recuperação demora 48 horas

O presidente Michel Temer passou por procedimento de desobstrução da uretra na tarde dessa quarta-feira (13), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Segundo informações da GloboNews, o procedimento demorou pouco mais de uma hora e acabou por volta de 17h30. O presidente passa bem. Os médicos informaram que Temer terá de usar uma sonda para normalizar todo o funcionamento da uretra.

Alta do presidente vai depender da adaptação dele a essa sonda. Em nota, o Planalto informou: “O presidente Michel Temer foi internado, na tarde dessa quarta-feira (13) no Hospital Sírio Libanês, com quadro de dificuldade urinária e diagnóstico de estreitamento uretral. Ele foi submetido a procedimento cirúrgico de pequeno porte, que ocorreu com sucesso. O tempo de recuperação é de até 48 horas.”

Em outubro, o presidente da República passou por uma cirurgia na próstata no Sírio-Libanês. Na ocasião, ele foi internado no hospital com quadro de retenção urinária por hiperplasia benigna da próstata.

Temer já havia realizado exames urológicos na última segunda-feira (11), no posto de saúde do Palácio do Planalto.

Além da cirurgia na próstata, Temer passou, em novembro, por uma angioplastia de três artérias coronárias. O procedimento também foi realizado no Sírio-Libanês.