Temer quer usar decisão em SP para continuar elegível

temer-26-capa

Uma decisão da Justiça Eleitoral de São Paulo sobre a disputa municipal em Louveira, no interior do Estado, poderá ser usada pela defesa do presidente Michel Temer, para evitar que ele fique inelegível em 2018.

De acordo com a Folha de S. Paulo, o candidato a prefeito, Julliano Gasparini (PV) foi condenado ao pagamento de multa por ter feito doação eleitoral acima do limite permitido por lei em 2010. Temer enfrentou a mesma acusação por doações realizadas em 2014 e teve que pagar R$ 80 mil de multa.

Lei da Ficha Limpa

A Lei da Ficha Limpa determina que pessoas físicas e dirigentes de pessoas jurídicas responsáveis por doações consideradas ilegais pela Justiça Eleitoral fiquem inelegíveis por oito anos.

Fonte: Notícias ao Minuto