Tia é suspeita de matar bebê de apenas 2 anos, colocar corpo em mala e enterrar em Autazes

De acordo com informações do pai da criança, o casal esquartejou Lorena antes de colocá-la dentro da mala

Uma criança identificada como Lorena Ferreira de apenas dois anos, que estava desaparecida desde a última quarta-feira (23), foi encontrada morta e enterrada no quintal de uma casa no município de Autazes, nessa terça-feira (29). Os principais suspeitos do crime são a tia da menina identificada apenas como Ana Beatriz, que está presa no município, e o namorado de Ana, identificado como Jhonn Lennon, a informação é de que ele está foragido.

O corpo da criança foi localizado após vizinhos desconfiarem da atitude do casal e acionarem a polícia que, ao chegar ao local indicado na denúncia, encontrou Lorena enterrada no quintal da casa. A tia de Lorena, Ana Beatriz foi presa e encaminhada à delegacia do município de Autazes. No início da investigação, a mulher presa foi apontada pelos vizinhos como sendo a mãe de Lorena, mas durante a prisão ela disse que era tia da menina.

Segundo informações do pai da menina, identificado apenas como Luciano, Ana Beatriz era responsável por cuidar de Lorena, enquanto ele trabalhava, porém, ao procurar a filha na última quarta-feira, não conseguiu contato com a tia da criança. Luciano também não conseguiu encontrar a filha.

Ainda de acordo com o pai, a menina teria sido agredida até a morte, esquartejada e, logo após, colocada na mala e transportada pela tia até o município de Autazes, onde foi enterrada. O corpo de Lorena foi removido e encaminhado até a sede do Instituto Médico Legal (IML), em Manaus.

A Polícia Civil conta com a colaboração da população para prender Jhonn Lennon. Informações podem ser passadas ao 190 e 181 e serão mantidas em total sigilo.