TJAM e Aleam irão capacitar adolescentes em situação de vulnerabilidade social

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) firmou um convênio com a Assembleia Legislativa do Estado (ALE) nessa terça-feira (4) para ofertar cursos de capacitação gratuitos para jovens em situação de vulnerabilidade social, sob medidas protetivas (acolhidos em abrigos em Manaus) ou em cumprimento de medidas socioeducativas.

O projeto, denominado “Reconstruindo Caminhos”, é uma iniciativa da Coordenadoria da Infância e Juventude (COIJ) e será executado em parceria com a Escola do Legislativo Senador José Lindoso da ALE.

Assinaram o convênio o presidente do TJAM, desembargador Yedo Simões; o presidente da ALE, deputado David Almeida; a coordenadora da COIJ, juíza Rebeca de Mendonça Lima, e a diretora da Escola do Legislativo, Jaqueline Ferretti.

O desembargador Yedo destacou a relevância de parcerias como a firmada nesta terça, para gerar oportunidades a jovens que, muitas vezes, são estigmatizados pela sociedade.

A coordenadora da Infância e Juventude, juíza Rebeca de Mendonça Lima, explicou que a parceria visa, principalmente, alcançar os adolescentes que se encontram em vulnerabilidade social. “Nossa intenção, por meio desse projeto, é capacitar, qualificar os adolescentes de maneira que eles adquiram independência financeira por meio da profissionalização”, disse a magistrada.

Com informações da assessoria do TJAM.