Anúncio

TJAM lança em Itacoatiara projeto que expande acesso à internet no interior

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), lançou nessa sexta-feira (27), no município de Itacoatiara, links de 1 MEGA para acesso à internet e a serviços judiciais on-line nas Unidades do Poder Judiciário, localizadas no interior do Estado. Essa é a primeira etapa do projeto de expansão do acesso à internet, que contempla também mais cinco municípios Rio Preto da Eva, Presidente Figueiredo, Careiro da Várzea, Tefé e Alvarães.

Com os novos links, as cidades do interior do Amazonas terão o dobro de internet, uma inciativa que atende as necessidades dos jurisdicionados, servidores e magistrados que atuam no interior. Os próximos a receberem os links são os municípios de Anamã, Caapiranga, Silves, Itapiranga,Tabatinga, Careiro Castanho, Manaquiri, Autazes, Anori e Parintins.

Segundo o novo presidente do TJAM, desembargador Yedo Simões, que fez o lançamento, esse reforço na qualidade da internet nas Comarcas é uma das prioridades em sua gestão à frente da Corte Estadual de Justiça.

“Estamos como pouco mais de três semanas que assumimos a presidência e já avançando para cumprir uma de nossas metas que é dotar todo interior do Amazonas de uma internet de qualidade para atender os anseios da população, que é ter um bom atendimento, uma justiça mais célere”, afirmou o desembargador Yedo, que pretende, também, realizar investimentos para reformas e ampliações significativas dos Fóruns no interior do Estado.

Após a solenidade de lançamento dos links, o presidente fez uma videoconferência com a sede do TJAM em Manaus, para testar velocidade na transmissão de dados entre a capital e o interior.

Com a efetividade do novo link, o presidente do TJAM frisou que a providência favorecerá a tramitação de processos, aprimorará o acesso às ferramentas administrativas e dará agilidade às comunicações entre os municípios.

“Com muito entusiasmo anunciamos este projeto que marcará uma nova era em nossa Justiça. Com o mesmo entusiasmo informamos que este mesmo benefício que chega à Comarca de Itacoatiara, já está disponível em outras cinco Comarcas e até o final deste ano de 2018, deve abranger todo o Amazonas”, afirmou o desembargador Yedo Simões.