TJAM promove ação educativa sobre Lei Maria da Penha no Centro de Convivência Magdalena Daou

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) por meio do 2ºJuizado Especializado em Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher realizará, nesta quinta-feira (23), no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, localizado na avenida Brasil, bairro Santo Antônio, zona Oeste, uma série de atividades sobre a Lei Maria da Penha.

A programação, prevista para ser realizada de 8h às 12h, faz parte das atividades da campanha “Justiça pela Paz em Casa”, e incluirá uma Roda de Conversa sobre “A Lei Maria da Penha”, atendimento psicossocial com encaminhamento para a rede de atendimento dos casos de violência contra a mulher e outras abordagens informativas sobre o tema.

A campanha “Justiça pela Paz em Casa” teve início nessa segunda-feira (20) e se estende até sexta (24). Trata-se de um esforço concentrado realizada pelos Tribunais de Justiça com o objetivo de agilizar o andamento de processos que tratam de violência doméstica e familiar contra a mulher e, também, de difundir informações sobre a aplicação da Lei Maria da Penha.

A ação no Centro de Convivência Magdalena Arce Daou está sendo organizada por servidores e estagiários que atuam no 2º Juizado localizado e contará com o apoio e participação de instituições integrantes e colaboradoras da Rede de Proteção à Mulher no Estado, como a Secretaria Executiva de Política para as Mulheres (SEPM/Sejusc), o 3º Juizado Maria da Penha.

As orientações e debates serão conduzidos pelos assistentes sociais Michael Denner e Cyntia Ribeiro e pelo psicólogo Ismael Rabelo, que integram a equipe multidisciplinar do 2º Juizado Maria da Penha. O atendimento psicossocial será realizado no ônibus da Sejusc, que estará posicionado no estacionamento do Centro de Convivência.

Com informações da assessoria do TJAM.