Anúncio Advertisement

Transferência de alunos da rede pública por web lidera solicitações

No primeiro dia do processo de transferência nas unidades de ensino das redes públicas municipal e estadual de Manaus, 65% das solicitações foram feitas pela internet, via site www.matriculas.am.gov.br. Até a quarta-feira (9), foram realizadas mais de 41 mil solicitações, sendo 16,6 mil da rede municipal e 24,5 mil da estadual. Os dados são da empresa de Processamento de Dados do Amazonas S/A (Prodam).

O prazo para os responsáveis por alunos que já são da rede pública solicitarem a transferência via web vai até o domingo (13), e presencial, em qualquer escola municipal e estadual de Manaus, segue até sexta-feira (11).

Depois de realizada a reserva de vaga por meio da transferência, os pais têm o prazo de três dias úteis para se dirigir até a unidade designada, com os documentos comprobatórios para concluir a matrícula do aluno, ainda conforme a gerente de Matrículas. Já a escolha da unidade levará em consideração a quantidade de vagas restantes na escola almejada pelos pais e responsáveis.

A orientação para o pai ou responsável é de que após a solicitação, deve se dirigir à escola designada, com a certidão de nascimento, comprovante de residência, comprovante de escolaridade do aluno, carteira de identidade e/ou CPF, duas fotos 3×4 e  carteira de vacina, para concluir a matrícula do seu filho.

Novos alunos

A partir da próxima segunda-feira (14), iniciam as matrículas de novos alunos das escolas públicas pelo site das Matrículas e presencialmente nas escolas das redes municipal e estadual. O calendário começa com o atendimento dos estudantes com deficiência, nos dias 14 e 15. De 16 a 20, será para os demais alunos do ensino regular que pretendem estudar em uma escola municipal ou estadual de Manaus.

Em 2019, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e a Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed) oferecerão mais de 180 mil vagas para novos alunos. Só na rede municipal serão 40,1 mil novas vagas, sendo 27 mil para a Educação Infantil e 12 mil para o Ensino Fundamental.