Transporte irregular causa apreensão de mais de 600 veículos em 2018

Um total de 611 veículos foram apreendidos em 2018 por atuação irregular no serviço de transporte de passageiros na capital, segundo dados divulgados pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU). A fiscalização faz parte das ações da Prefeitura de Manaus, para oferecer melhorias aos serviços de transportes.

Motocicletas usadas para fazer transporte clandestino representam o maior número de veículos apreendidos, totalizando 460 apreensões. Em segundo lugar, no número de apreensões, aparecem os táxis, com 37 veículos recolhidos ao parqueamento da SMTU e, ainda, apreensão de 27 mototáxis, todos com irregularidades na documentação, tais como não pagamento de taxas obrigatórias e ausência do chamado “carteirão”, que autoriza a prestação de serviço.

Em relação aos modais Alternativo e Executivo, a SMTU apreendeu 15 e 19 micro-ônibus, respectivamente, em cada modal, até o mês de julho deste ano, com questões relacionadas à má conservação dos veículos.

A atuação no combate ao transporte clandestino e irregular tem se intensificado com convênio entre a Superintendência e a Polícia Militar, que dá apoio às operações e oferece maior segurança às ações de fiscalização. A multa para quem for apanhado em motocicletas de forma irregular é de 15 Unidades Fiscais do Município (UFMs), equivalente a R$ 1.526,70, e 30 UFMs, em caso de reincidência. O condutor tem, ainda, o veículo apreendido.