Traumatismo craniano e hemorragia causaram a morte de MC Kevin, diz laudo 

A mãe de MC Kevin se despede do filho Eduardo Martins/Brazil News

A mãe de MC Kevin se despede do filho Eduardo Martins/Brazil News

O laudo do exame de necrópsia apontou que a morte de MC Kevin foi causada por um traumatismo craniano. O cantor morreu no último domingo (16) após cair do 5º andar de um hotel no Rio de Janeiro.

Assinado pelo legista Leonardo Huber Tauil, o documento também apontou uma hemorragia subaracnóidea, um sangramento no espaço entre o cérebro e o tecido que o envolve.

O exame também detalhou que as lesões foram causadas por uma “ação contundente”, indicando o choque sofrido pelo corpo após a queda do cantor.

Outras lesões identificadas no corpo do funkeiro também foram apontadas pelo laudo, como contusões pulmonares bilaterais e fraturas na região da costela.

Investigação após morte de MC Kevin 

Durante a madrugada e a manhã de ontem, hóspedes e amigos de MC Kevin prestaram depoimentos na 16ª DP, Barra da Tijuca. As equipes da delegacia foram ao local para analisar a região da piscina e do quarto.

Os celulares da viúva de Kevin, Deolane Bezerra, do próprio cantor, da modelo Bianca Dominguez, além de dois amigos que estavam com ele no quarto de hotel, foram apreendidos pela Polícia Civil para a perícia.

O corpo de MC Kevin foi enterrado na manhã de hoje no Cemitério Parque dos Pinheiros, na zona norte de São Paulo. Um cortejo fúnebre partiu da quadra da escola de samba Vila Maria.