Tribunal de Justiça fará concurso com 200 vagas no primeiro semestre de 2019

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) deve anunciar um concurso público com pelo menos 200 vagas no primeiro semestre de 2019, segundo o presidente do TJAM, desembargador Yedo Simões.

O anúncio foi feito durante a prestação de contas de seus primeiros meses de gestão, nessa quinta-feira (29). O desembargador informou que o ideal seria abrir 400 vagas, mas o Tribunal analisa o impacto dos novos servidores na folha de pagamentos. “Nossos funcionários têm um salário alto em relação ao restante do País, em função do nosso plano de cargos e salários, e estamos tentando contornar isso. O ideal seriam 400 vagas, o problema é que o Tribunal não comporta essas vagas com os salários quem temos hoje”, disse Yedo.

A remuneração inicial dos servidores do TJAM varia de R$ 3 mil a R$ 12 mil, dependendo do cargo. No final da carreira, a remuneração dos cargos de nível superior podem ultrapassar os R$ 20 mil. Uma excelente oportunidade para quem deseja ingressar no serviço público.

Vagas

Em informações prestadas pelo TJAM ao Grancursos no último dia 14, o Tribunal informou que a a comissão responsável por organizar internamente o concurso está realizando estudo dos cargos vagos e, definindo as vagas e lotações do próximo certame do tribunal. Com isso, o edital do concurso que estava previsto para ser publicado neste ano, será divulgado apenas em 2019, pois é necessário que seja elaborado o projeto básico da seleção, iniciado o processo para escolha da banca, que pode ser definida por pregão eletrônico ou dispensa de licitação e, somente após esses trâmites, será possível divulgar o documento com as regras do concurso.

Segundo o tribunal, o processo de escolha da banca está previsto para ser iniciado no começo de dezembro e provavelmente será finalizado apenas em janeiro do próximo ano. O documento com as regras do certame deve sair logo após o extrato do contrato com a banca ser publicado.

Em setembro, o TJAM divulgou a última planilha dos cargos vagos.Segundo o documento, há 500 cargos vagos, sendo 150 para auxiliar judiciário, 193 para assistente técnico judiciário e 157 para analistas judiciários. Os cargos são de níveis fundamental, médio e superior, respectivamente.

Veja o quadro com cargos vagos no TJAM.

Com informações do TJAM e do Grancursos.