Trio é preso na madrugada desta quinta-feira no bairro Japiim

Foto: Divulgação

Na madrugada desta quinta-feira (12), um trio composto por homens de 22 e 26 anos, e uma mulher de 27, foram detidos, pelos policiais militares da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), por roubos de celulares cometidos na avenida Tefé, na zona sul da capital.

Os militares que atenderam à ocorrência, das viaturas 6938, 6041, 6034 e 6036, relataram que durante patrulhamento, por volta de 1h desta quinta-feira, ao estacionar nas dependências de um posto de combustível localizado entre as avenidas Tefé e Rodrigo Otávio, no Japiim, foram surpreendidos por uma ação de roubo aos clientes praticada por ocupantes de um veículo Fiat Siena, placa OAC-3546, que fugiram após ainda efetuar disparos contra a equipe policial.

As equipes iniciaram acompanhamento ao veículo, que seguiu pela avenida Tefé, adentrando a seguir diversas ruas do bairro Cachoeirinha, também na zona sul. Ao retornar para a Tefé, a condutora perdeu o controle e colidiu com o muro de uma loja. Os policiais interceptarem o grupo, detendo dois homens e uma mulher; um quarto suspeito conseguiu fugir.

Durante a abordagem, a motoristatt alegou que seria motorista de aplicativo de transporte urbano e que teria pego os dois homens no bairro Mauazinho para uma corrida, durante a qual eles teriam anunciado o assalto com emprego de arma de fogo e ela fora ferida. No entanto, logo em seguida os dois confirmaram que ela era comparsa deles no crime e, após ser levada para atendimento médico no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, a mulher confessou envolvimento nos roubos.

Durante revista, com os dois homens foram encontrados uma arma de fogo marca Rossi com três munições, sendo uma deflagrada e duas intactas; um simulacro de arma de fogo tipo pistola; três aparelhos celulares (um iPhone cor preta e dois Samsung, cor branca e dourado); além de uma quantia de R$ 100 em espécie.

Diante da situação, todos os envolvidos, tanto vítimas quanto detidos, foram encaminhados, juntamente com os materiais apreendidos e o veículo, ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), para a conclusão dos procedimentos legais de polícia judiciária.

(*) Informações Assessoria