TRT 11 lança ‘Executômetro’ para divulgar o número de processos solucionados

O Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – Amazonas e Roraima (TRT11) já solucionou, 8.133 processos na fase de execução, de janeiro a agosto deste ano, de acordo com os números do ‘Executômetro’, ferramenta disponível no portal do Tribunal.

A ferramenta faz parte do projeto “Sentenciômetro e Conciliômetro”, lançado em janeiro deste ano pela Corregedoria do TRT11 com a proposta de otimizar a transparência de dados estatísticos da Justiça do Trabalho no Amazonas.

O ‘Executômetro’ permite acompanhar o número de processos baixados na fase de execução, que é a fase onde já existe condenação ou acordo, mas o devedor não cumpre com o determinado.

Para a solução desses processos, a Justiça do Trabalho realiza audiências de conciliação ou adota outras medidas para garantir a efetividade da execução e o cumprimento das decisões judiciais, como pesquisas destinadas à identificação de devedores e seus bens por meio de ferramentas eletrônicas disponíveis, além da penhora e do leilão de bens dos devedores.

De acordo com o Relatório Justiça em Números divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em 2017 o TRT da 11ª Região teve o segundo menor percentual de casos pendentes de execução em relação ao estoque total de processos (31,9%), ficando atrás apenas do TRT15 (25,2%).

Segundo o Relatório, o TRT11 apresenta a menor taxa de congestionamento dentre os 24 Tribunais do Trabalho, com 53%, 6% a menos que o ano anterior, permanecendo, pelo segundo ano consecutivo, a quinta colocação entre todos os Tribunais do Poder Judiciário.

Com informações da assessoria do Tribunal.