Pacientes da UBS do Ouro Verde ficam esperando atendimento médico na chuva (ver vídeos)

Diversas pessoas relataram que não tinha quase ninguém dentro da UBS no momento da forte chuva

ubs ouro verde alaga

    Foto: Reprodução

Pacientes da Unidade Básica de Saúde (UBS) Enfª Ivone Lima dos Santos, localizada no bairro Ouro Verde, zona Leste de Manaus, denunciaram o atendimento desumano que receberam durante o forte temporal que atingiu vários pontos da capital amazonense na manhã desta segunda-feira (17).

Conforme denúncia enviada ao Radar Amazônico, durante o temporal os profissionais não receberam os pacientes dentro da unidade, obrigando eles a ficarem na chuva do lado de fora. A população se aglomerou no pequeno espaço (uma espécie de corredor) que tem em frente à Unidade, e a maioria ficou pegando chuva enquanto do lado de dentro não tinha ninguém.

A dona de casa Keylla dos Santos, 38, esteve na UBS e reclamou que muitas pessoas doentes estavam na chuva, o que pode contribuir para o aumento nos casos de gripe e Covid-19, tendo em vista que Manaus vive o período de “inverno amazônico”. Conforme Keylla, até a polícia esteve no local para acalmar a situação.

“Achei muita hipocrisia em não aglomerar dentro da UBS, mas por fora estava lotado. Pessoas doentes pegando chuva, enquanto no lado de dentro tudo estava vazio. Nós questionamos e eles falaram que estavam seguindo um protocolo. Na minha opinião, isso é desumano e puro egoísmo, só estão preocupados com os funcionários da UBS”, contou.

Um porteiro da UBS, que preferiu não se identificar, disse à reportagem que a unidade de saúde está com poucos servidores.

“Estou aqui sozinho dando conta da portaria. Hoje de manhã quase pedi para a polícia intervir. A realidade é outra, nós estamos com poucos profissionais, mais da metade está doente. Como vamos remanejar mais da metade? Só temos dois enfermeiros e dois médicos atendendo”, disse.

Ele informou que, somente nesta segunda-feira, quatro servidores testaram positivo para Covid-19.

Recentemente, o Radar Amazônico esteve no local para mostrar a demora para atender os pacientes que buscam tratamento para Covid-19 e síndromes gripais.

Resposta

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), cobrando um posicionamento a respeito da aglomeração na parte externa da unidade. A reportagem aguarda respostas.

Confira os vídeos