UEA doa mais de 1,8 mil EPIs para profissionais de saúde de comunidades indígenas

Reafirmando o compromisso com os povos indígenas do Amazonas, a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em parceria com a 10ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal (SJDF) e Fundação Universitas de Estudos Amazônicos (FUEA), realizou na manhã dessa segunda-feira (29), a doação de 1.850 Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que serão destinados aos profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate ao novo Coronavírus (COVID-19) nas comunidades indígenas do Alto e Médio Solimões, Alto Rio Negro, Médio Purus, Vale do Javari e Parintins.

Durante a entrega dos equipamentos, o Reitor da UEA, Cleinaldo Costa, ressaltou a importância desse apoio para as comunidades indígenas que, neste momento, sofrem com a propagação da doença.

“É uma oportunidade da Universidade estar mais perto dos povos indígenas. A UEA é pensada para o Amazonas e suas comunidades. Muito nos honra ser o elo entre o judiciário e a população indígena. Agradeço imensamente o apoio da 10ª Vara da SJDF nessa ação de combate a COVID-19. A UEA é a casa do povo amazonense e sempre estará de portas abertas”, declarou o reitor.

Já o titular da 10ª Vara da SJDF, Dr. Vallisney de Souza Oliveira, parabenizou a UEA pela iniciativa de contribuir para as ações de combate a COVID-19 nas comunidades indígenas.

“O auxílio da UEA nesse processo é fundamental. Sabemos que os EPIs chegarão de fato até as pessoas que realmente precisam desse suporte. Quero parabenizar a Universidade por essa inciativa tão importante e, também, colocar a 10ª Vara do SJDF à disposição da UEA e das ações em prol da sociedade”, disse o Juiz.

O vice-presidente da Associação Indígena da Bacia do Içana, André Baniwa, afirmou que a doação dos EPIs ajudará no controle da contaminação dos agentes de saúde que trabalham, até o momento, sem qualquer proteção.

“Agora, os agentes poderão cuidar da população sem o medo de serem contaminados. É uma proteção para eles e para as pessoas que procuram atendimento nas comunidades indígenas. Essa doação com certeza evitará que as nossas comunidades alcancem um número elevado de infectados”, concluiu.