Anúncio Advertisement

Ufam terá doutorado em Engenharia Elétrica a partir de 2019

Foto: Divulgação/Ufam.

A partir de 2019, a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) terá um curso de Doutorado em Engenharia Elétrica aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Com isso, a região Norte acumula dois doutorados na área, sendo o outro ofertado no Pará.

O novo curso será abrigado no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da Faculdade de Tecnologia (PPGEE-FT), tendo como coordenador e vice os professores Vicente Ferreira de Lucena Júnior e João Edgar Chaves Filho, respectivamente. Ao todo, dez professores doutores fazem parte do quadro permanente do PPG e outros dois atuam como colaborador e visitante no Mestrado. A expectativa é de que sejam ofertadas cerca de dez vagas já na primeira seleção, cuja turma deve iniciar no segundo semestre de 2019.

O professor Cícero Costa Filho é o diretor do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologia Eletrônica e da Informação (Ceteli), prédio que abriga as atividades do Mestrado. Ele se recorda satisfeito da trajetória do PPPGEE. “O curso de Mestrado data de 2005. No início, o núcleo era constituído por apenas quatro professores. A partir de 2013, com a chegada de novos professores, iniciou-se um esforço para subir a nota do curso de três para quatro e, depois, encaminhar uma proposta de doutorado para a Capes”, relata o docente.

Segundo informa o professor Cícero Costa, a nota atribuída Mestrado na avaliação relativa ao quadriênio 2013-1016 foi quatro, o que deu ânimo para que a equipe estruturasse e submetesse o projeto para Aplicativos de Propostas de Cursos Novos (APCN) ora aprovado. “Houve um esforço coletivo em vário sentidos, visando à otimização dos diversos índices que compõem a avaliação da Capes”, afirma o professor.

“Após este resultado decidimos submeter uma proposta de doutorado e conseguimos aprovar o mesmo na primeira tentativa. Não é possível nominar uma pessoa em particular como responsável, o resultado foi fruto do trabalho coletivo dos docentes permanentes do PPGEE, a coordenação atual composta por mim, pelo professor João Edgar Chaves Filho (vice-coordenador) e pelos dois outros membros Cícero Costa Filho e Marly Costa tem a honra de aprovar o doutorado na nossa gestão”, diz o coordenador do PPG, professor Vicente Júnior.

Para proceder com a aprovação, foi necessário reduzir o tempo de defesa dos mestrandos, distribuir as orientações de forma mais equitativa, extrair de uma ou mais dissertações publicações para revistas, melhorar o preenchimento do Coleta Capes (na Plataforma Sucupira), adequar os objetivos aos instrumentos de avaliação, entre outras providências. A proposta foi aprovada com o número mínimo de doutores, outro ponto que precisa de ainda mais atenção nos próximos períodos avaliativos.

Com informações da Ufam.