Uma BMW e um adesivo de Marcelo Ramos e Nejmi Aziz: advinha o dono do carrão, gente?

marcelo-e-nejmi-carroSabe aquele ditado popular: “mirei no que vi e acertei no que não vi”. Pois foi exatamente o que aconteceu com euzinha aqui. La estava eu no trânsito e mirei numa BMW que estava em minha frente – afinal quem consegue tirar os olhos de um carro desses, né mesmo meu povo? E também não pude deixar de enxergar – até porque se não visse era cega de guia – um adesivo que tomava conta de todo o vidro traseiro do carro onde estava a imagem da ex-primeira dama do Estado e esposa do senador Omar Aziz, Nejmi Aziz, e o candidato a prefeito de Manaus, Marcelo Ramos.

Questionei cá com meus botões: – o que a foto de Nejmi Aziz está fazendo ali, junto com Marcelo Ramos, afinal ela não é candidata a nada, não é mesmo?  O candidato a vice não é Josué Neto? Deve ser uma mera manifestação de apoio, conclui. Mas, como todo repórter, a curiosidade não parou por aí.

De quem será a BMW?, pensei. E lá fui eu, enxerida que sou, atrás de saber quem é o dono do carrão. E foi assim que mirei no que vi – a BMW, o Marcelo Ramos e a Nejmi Aziz – e acertei no que não vi, mas descobri. O dono do possante é ninguém menos que o sócio participativo da empresa Sociedade Integrada Médica do Amazonas – Simea, Jorge dos Santos Noel Filho.

A Simea é uma das três empresas apontadas pela Polícia Federal, na Operação Maus Caminhos, como envolvida num esquema criminoso que teria desviado cerca de R$ 120 milhões das verbas destinadas à saúde pública do Estado. Ainda segundo a Polícia Federal essas cifras podem atingir valores ainda maiores já que o montante dos recursos do Fundo Estadual de Saúde que foi repassado ao Instituto Novos Caminhos (INC), responsável pelo pagamento dessas empresas, ultrapassou R$ 220 milhões.

Além disso, descobriu-se que essas empresas não só recebiam do Instituto Novos Caminhos como também tinham contratos diretos com a Secretaria de Saúde do Amazonas. Um relatório de pagamentos do Governo do Estado, retirado do site Transparência e apresentado pela deputada Alessandra Campêlo, no plenário da Assembleia Legislativa do Estado mostra que ainda devem ser contabilizados mais R$ 186 milhões em contratos diretos com as empresas Sociedade Integrada Médica do Amazonas – Simea, Salvare Serviços Médicos Ltda e Total Saúde Serviços Médicos, nos anos de 2014, 2015 e 2016. Somente este ano a Simea já recebeu mais de R$ 4,3 milhões do Governo de Melo.

E aí, só me restou uma conclusão nessa história: mesmo sendo uma BMW não pega nada bem para um candidato estar com a cara metida – literalmente falando – com más companhias, né mesmo meu povo? (Any Margareth)

marcelo-e-nejmi-carro-doc-1