Usuário de drogas é morto dentro da casa de vizinho no Aparecida

Foto: Jhonata Lobato

Por volta das 17h45 desta segunda-feira (16) [menos de uma hora após o homicídio na Visconde de Mauá], Rubens da Silva, de 55 anos, foi assassinado a tiros por uma dupla, ainda não identificada. O crime ocorreu dentro de uma casa rua Bandeira Branca, bairro Aparecida, Zona Oeste de Manaus.

De acordo com informação de uma testemunha que estava em um salão de beleza ao lado da residência, a vítima estava sentada em uma cadeira e conversava com a proprietária da casa.

“Todo mundo conhecia o Rubens, ele morava aqui há muito tempo, e era usuário de drogas. Quando os assassinos chegaram, ele correu pra dentro da casa, mas não deu tempo nem de se esconder. Ele morreu na porta, foi muito rápido e assustador”, contou a testemunha que preferiu anonimato.

Os agentes do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) constatou na perícia que Rubens morreu com dois tiros. As investigações serão realizadas pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).