Vacinação contra a Covid-19 é suspensa para profissionais de saúde em Manaus

A campanha de vacinação contra a Covid-19 para profissionais de saúde está suspensa temporariamente em Manaus. A medida foi anunciada nesta quinta-feira (21) pelas Secretarias de Saúde estadual e municipal e deve durar um dia, para reformulação da campanha, considerando a quantidade insuficiente de doses da vacina nesta primeira etapa de vacinação.

Durante a suspensão, serão discutidos critérios que vão definir quais são os profissionais que terão prioridade para receber essas primeiras doses e quais as unidades de saúde prioritárias. A decisão chega após órgãos de controle solicitarem lista com os nomes das pessoas já imunizadas, em razão de “furos na fila” da vacina virarem assunto na internet.

Após a reformulação, as unidades de saúde deverão enviar a lista nominal dos profissionais, com o setor em que cada um trabalha, para a Semsa reprogramar a vacinação nas unidades. Neste primeiro momento, deve ser priorizado aquele profissional que está mais exposto ao novo coronavírus e que nessa exposição corre mais risco de morte, seguindo o que os órgãos de controle pediram.

A orientação é de que a prioridade deva ser dada aos profissionais das unidades de referência, de média e alta complexidade, que tenham contato direto com pacientes com Covid-19, levando em conta fatores como comorbidade e a idade.

A exceção é para os profissionais do Samu, única categoria que vai receber a vacina nesta quinta. Os demais profissionais voltam a receber a vacina na próxima sexta-feira, dia 22.