Vacinação contra a Covid-19 em Manaus é suspensa de 24 a 26 de dezembro

Foto: Divulgação / Assessoria

Os pontos para a vacinação contra a Covid-19 em Manaus, não funcionarão nos dias 24, 25 e 26 de dezembro, por ocasião dos festejos natalinos. O atendimento em 51 pontos será retomado na segunda-feira, 27/12, com a oferta de primeira, segunda e terceira doses dos imunizantes CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen.

Os endereços e locais podem ser consultados no site da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do link https://bit.ly/33AfO70 e nos perfis oficiais da secretaria: @semsamanaus, no Instagram, e Semsa Manaus, no Facebook.

O mesmo esquema será adotado no final de semana da virada do ano (31/12 e 1º e 2/1/22), com a vacinação voltando a ser oferecida no dia 3 de janeiro.

A campanha de vacinação em Manaus teve início no dia 19 de janeiro e, nesses 11 meses, já aplicou mais de 3,3 milhões de doses dos imunizantes em primeira, segunda dose e dose de reforço. Considerando a população apta a ser vacinada, de 12 anos ou mais, que é, de acordo com a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 1.785.793 pessoas, a capital tem quase 93% desse público já com a primeira dose. Com o esquema vacinal completo, o que inclui pessoas com as duas doses e as que receberam a dose da Janssen, o índice é de mais de 79%.

Desde que começou a ser aplicada, de acordo com a orientação do Ministério da Saúde, 246.681 pessoas já receberam a dose de reforço.

A Semsa orienta que, em caso de dúvida sobre quando tomar a segunda dose ou a de reforço, seja realizada consulta à plataforma Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br).

Os registros da Semsa indicam que até esta quinta-feira, 23/12, 108.835 pessoas ainda não haviam tomado a primeira dose da vacina. Elas podem se dirigir a um dos pontos para iniciar a imunização. Os adolescentes entre 12 e 17 anos, precisarão estar acompanhados pelo pai, mãe, ou uma pessoa maior de 18 anos. Também será necessário apresentar um documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS (CNS). Quem tiver 18 anos ou mais, deve levar o documento de identidade original, com foto e o CPF.

No caso da segunda dose, o Sistema Municipal de Vacinação (SMV) apontava que 277.332 pessoas já haviam passado dos intervalos para a segunda dose e devem comparecer aos pontos para concluir o esquema vacinal. Para isso, basta apresentar o documento de identificação, o CPF e a carteira de vacinação com o registro da primeira dose.

Para a dose de reforço, as pessoas a partir de 18 anos e trabalhadores de saúde devem apresentar identidade, CPF e a carteira de vacinação com o registro das duas doses. Para os imunossuprimidos que completaram o esquema vacinal há 28 dias ou mais, além dos documentos, deve ser apresentada uma comprovação da condição de saúde cuja lista está disponível nos canais oficiais da Semsa.

(*) Com informações da assessoria