Vamos ver agora se Bolsonaro acha graça!

Reprodução

A Internet explodiu em posts e memes após se tornarem publicas as declarações de Marcelo Luiz Nogueira dos Santos, funcionário da família Bolsonaro por 14 anos, aquele tipo de “faz tudo” que cumpriu várias funções, desde assessor do gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro ou fazendo serviços domésticos para a ex-mulher de Jair Bolsonaro, Ana Cristina Valle, e até sendo babá do filho de Ana Cristina, Renan Bolsonaro.

As declarações de Marcelo dos Santos são estarrecedoras. Mostram uma prática trabalhista de quase escravidão, onde o trabalhador não tem direito algum, nem mesmo ao seu salário. O ex-funcionário nunca teve carteira assinada e diz ter sido nomeado para participar do esquema de “rachadinha”, quando era obrigado a devolver 80% do seu salário para Ana Crdsitna Valle, então mulher de Bolsonaro.

E lá pelas tantas, em meio a essas declarações, Marcelo dos Santos conta que Jair Bolsonaro tirou o esquema de “rachadinha” das mãos de Ana Cristina e se separou dela após descobrir que estava sendo traído com uma de seus seguranças, o bombeiro militar Luiz Cláudio Teixeira.

E foi o que o povo quis pra zoar geral nas redes sociais com Bolsonaro. O desvio de dinheiro público através do esquema de “rachadinha” foi o menos comentado. A zoeira se concentrou na suposta traição da advogada com um bombeiro. A hashtag #BolsonaroCorno foi parar em primeiro lugar no trending topics (tópicos de tendência) do twitter e memes de boi com chifres e de rei do gado viralizaram.

E Bolsonaro que costuma chamar de brincadeiras os comentários racistas e homofóbicos que faz, vamos ver agora como encara ser zoado por supostamente ter sido chifrado. Afinal, com a zoeira que feres, com a zoeira serás ferido, né mesmo?