“Vão entrar com representações (contra aumento de 400% do IPTU) ou vão comer abiu”, pergunta Rotta (ver vídeo)

Marcos Rotta 02 Na Mira 2O deputado federal, Marcos Rotta (PMDB), em seu programa de TV, largou a peia naqueles que se auto-intitulam “defensores do consumidor”, mas sequer tocaram no assunto de que a Prefeitura de Manaus reajustou em até 400% o IPTU dos cidadãos de Manaus. “Vão entrar com representações contra o aumento de 400% do IPTU ou vão comer abiu? Seu Alvaro Campelo (presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de Manaus) comeu abiu? Seu Abdala Fraxe também? A Dona Rosely Fernandes (diretora do Procon estadual) também? Cadê o Procon do município? Não vão se posicionar contra 400% de aumento do IPTU?”, questionou Rotta que já ocupou a presidência a Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) quando era deputado estadual – a comissão atualmente é presidida pelo deputado Abdala Fraxe.

Ele arrematou, novamente indagando: “Ou será que vão continuar utilizando essas instrumentas em favor dos consumidores pra fazer política? Rotta remeteu-se ao estardalhaço feito na imprensa pelos parlamentares Álvaro Campelo, que é da bancada de apoio ao prefeito na Câmara, e Abdala Fraxe, membro da bancada de apoio ao governador José Melo na Assembleia, juntamente com os órgãos de defesa do consumidor, quando houve o aumento de energia elétrica. “O Procon do Estado está sendo usado para fazer politicalha e não defender o seu direito”, criticou Rotta, lembrando que também fez questionamentos contra o aumento da tarifa de energia elétrica, até mesmo na tribuna da Câmara Federal, mesmo o ministro de Minas e Energia (Eduardo Braga) sendo presidente do seu partido.

“Aqui fizeram um bafafá danado com relação ao reajuste de energia elétrica. E tá certo, tem que fazer mesmo!”, opina Rotta perguntando: “Mas será que não vão fazer nada quanto ao aumento do IPTU?” (Any Margareth)