Veja quem são os “campeões de inverno” nas principais ligas da Europa

Competições chegam ao fim de primeiro turno e/ou têm pausa para festas de fim de ano. Manchester City é quem tem maior vantagem, enquanto Italiano é o mais indefinido

Natal coincide com a pausa nas principais ligas da Europa. Exceção feita ao Campeonato Inglês, os demais (Alemão, Espanhol, Francês e Italiano) fazem uma pequena parada para as festas de fim de ano. É uma boa oportunidade, então, para ver quem está se saindo bem.

Os vencedores dos turnos são conhecidos como “campeões de inverno”, um título nada mais do que simbólico. Mas, em alguns casos, já há indicativo de que o troféu não mudará de mãos. Veja abaixo:

Inglês

É onde reside a maior vantagem nas cinco principais ligas. O Manchester City de Pep Guardiola faz campanha recorde após um turno completo e não oferece nenhuma chance a outros gigantes do país.

O time de Gabriel Jesus, Fernandinho, Ederson e Danilo soma incríveis 55 pontos de 57 possíveis (96,5% de aproveitamento), com 18 vitórias e um empate. Já se fala, inclusive, na chance de um título invicto, repetindo o feito do Arsenal de 2003/04.

O Manchester United está em segundo, com 42 pontos; Chelsea (39) e Liverpool (35) completam o top-4, que vai à próxima edição da Liga dos Campeões.

Espanhol

Mesmo com uma rodada por fazer para fechar o turno (ela só acontecerá em 2018), o Barcelona já está garantido como campeão de inverno. Ao lado do City, é o outro invicto nas principais ligas, com 45 pontos (14 vitórias e três empates), e tem nove pontos de vantagem para o vice-líder Atlético de Madrid.

Não menos importante é a diferença para a maior ameaça ao título: 14 pontos separam o Barça do Real Madrid depois da vitória no superclássico dentro do Santiago Bernabéu. Os merengues, em quarto (31 pontos), têm um jogo a menos em função do Mundial de Clubes. O Valencia (34) é o terceiro.

Francês

Aqui, nada que não pudesse ser imaginado ao início da temporada. O Paris Saint-Germain lidera com nove pontos de vantagem para o atual campeão Monaco e o Lyon e tem o maior artilheiro das cinco ligas, o uruguaio Cavani, com 19 gols, além de Neymar e Mbappé em grande forma. Apenas os três primeiros vão para a próxima Liga dos Campeões.

A Ligue 1 só volta no segundo fim de semana de janeiro, e a tendência do returno é o PSG dosar a presença de suas estrelas para tentar conquistar o maior número de títulos possível (há a Copa da França, Copa da Liga e, claro, a Champions). O Real Madrid será o adversário nas oitavas de final a partir de fevereiro.

Alemão

Mais um campeonato bastante previsível. Mesmo mudando de técnico no início da temporada (saiu Ancelotti, entrou Jupp Heynckes), o Bayern de Munique tem 11 pontos a mais do que o vice-líder Schalke e tem todos os argumentos para conquistar o hexacampeonato consecutivo, uma vez que o Borussia Dortmund (terceiro) não oferece resistência.

Em função do rigoroso inverno, a Bundesliga parou no dia 17 de dezembro e só retornará em 12 de janeiro. O Bayer Leverkusen completa o top-4.

Italiano

Sem dúvidas a Série A é o torneio mais equilibrado até o momento. A começar pelo líder, Napoli, à frente da toda poderosa Juventus, atual hexacampeã, por apenas um ponto. O time de Mertens, Insigne e companhia pode se tornar “campeão de inverno” na próxima sexta-feira, em caso de vitória sobre o Crotone.

A Inter de Milão está em terceiro, com 40 pontos, seguido pela Roma, com 38. A maior decepção é o Milan, apenas 11º, enquanto o Benevento fica com o título de pior equipe das cinco ligas, com apenas um ponto em 18 rodadas (curiosamente, conquistado diante do Milan).

Fonte: GE