Anúncio Advertisement

Vereador cobra Susam sobre bolsas de colostomia para ostomizados

Nessa segunda-feira (18), o vereador Fred Mota (PR) cobrou da tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM) que a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) adote providências a respeito da aquisição de bolsas de colostomia aos pacientes ostomizados.

“As boas bolsas duram até três dias, mas as que estão sendo utilizadas pelos pacientes, e que estão sendo distribuídas pela Susam, duram apenas quatro horas. Além do mais, elas precisam de uma cola especial, e sem essa cola, perdem a aderência. Aí os pacientes precisam ir ao banco, andar de ônibus, fazem todas as suas necessidades que um ser humano normal faz, e passam por um constrangimento terrível quando essas bolsas estouram”, disse o vereador.

O parlamentar lembrou que mais de 1,2 mil pacientes na capital estão precisando das bolsas. Segundo ele, e que a bolsa que deveria ser usada pelos pacientes foi rejeitada na licitação. Por conta disso, os pacientes usam uma bolsa de péssima qualidade, o que faz com que eles acabem passando por situações constrangedoras.

O vereador contou o relato de um paciente ostomizado que, em determinado dia, se sentiu constrangido em uma fila de banco. “Essa pessoa me contou, aos prantos, que estava na fila do banco, e do nada, a sua bolsa estourou. Foi pedido a ele, gentilmente, que saísse da fila. Imaginem a vergonha que essa pessoa passou. Estas pessoas não estão podendo viver”, frisou.

Mota questionou o fato de a Susam não ter convidado os pacientes ostomizados para a reunião na última sexta-feira (15). Ele ainda lembrou o fato de que, na audiência realizada em agosto de 2018, a Prefeitura de Manaus enviou o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, que se dispôs a abrir as Unidades Básicas de Saúde para atenderem esses pacientes.

“Essas pessoas não conseguem mais sair de casa. Não vão ao cinema, não vão mais à igreja, porque tem medo. A bolsa estoura, e o que sai dali são fezes. É preciso que nós nos unamos em favor desses pacientes, que tanto precisam de atenção”, completou.

Com informações da assessoria do parlamentar.