Vereador de Tabatinga morre em Manaus após sofrer novo atentado

O atentado contra o vereador Olímpio Guedes (PSD) aconteceu na última quarta-feira (12) no bairro Flores, zona Centro-Sul de Manaus

vereador tabatinga

Foto: Divulgação

O vereador de Tabatinga (a 1.106 quilômetros de Manaus), Olímpio Guedes Olavo Júnior (PSD), 33, morreu nessa sexta-feira (13) no Hospital e Pronto 28 de Agosto. Ele foi alvo de um atentado na última quarta-feira (12) na rua Dom Jackson Damasceno, bairro Flores, zona Centro-Sul da cidade, menos de um ano após o vereador sofrer uma tentativa de homicídio na capital amazonense.

Na unidade hospitalar, antes de morrer, o vereador disse em depoimento à polícia que estava na companhia de outro vereador de Tabatinga quando foi abordado por homens desconhecidos que chegaram no local em um carro prata e atiraram várias vezes.

Olímpio foi atingido com um tiro no braço esquerdo e outro no peito. Ele recebeu atendimento médico e encaminhado para o hospital, mas ele não resistiu e morreu na unidade de saúde.

Vale lembrar que, em setembro de 2021, o vereador Olímpio Guedes sofreu uma tentativa de homicídio no bairro Coroado, zona Leste de Manaus. Na ocasião, ele foi baleado por homens até o momento não identificados.

O corpo do vereador foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve apurar o caso.

O vereador ainda relatou à polícia, que, no atentado sofrido em setembro de 2021, vinha recebendo ameaças de morte.

Investigado por tráfico

O vereador Olímpio já foi alvo da Justiça Federal por suposta ligação com o tráfico de drogas, chegando a ser investigado durante a Operação Áquila, que investigou organização criminosa que atuava no tráfico de drogas entre Manaus e Tabatinga, cumprindo cinco mandados de prisão e dez de busca e apreensão.

O caso ganhou desdobramentos após duas pessoas pousarem no Aeroclube do Amazonas com 130 quilos de drogas em um avião.