Vereadora destaca a importância do empreendedorismo da mulher em Manaus

Foto: Divulgação

 

 

O Projeto de Lei  “Mulher Empreendedora” de nº 235/19, de autoria da vereadora Mirtes Salles (Republicanos), tem como objetivo valorizar o empreendedorismo feminino na capital amazonense. O PL que foi aprovado na semana passada na Câmara Municipal de Manaus, cria o Dia da Mulher Empreendedora, a ser comemorado em 19 de novembro.

Os principais objetivos do projeto “Mulher Empreendedora” criado em abril de 2019 de nº 235/19 de autoria da vereadora Mirtes Salles (Republicanos), que visa valorizar o empreendedorismo feminino na capital amazonense. Foi aprovado na Câmara Municipal de Manaus (CMM), o Dia da Mulher Empreendedora, a ser comemorado no dia 19 de novembro.

De acordo com vereadora, essa data vem para reforçar o projeto, lançado no ano passado com objetivo de capacitar e incluir no mercado de trabalho, aquelas mulheres em situação de vulnerabilidade social ou as mães que não tem onde deixar os filhos enquanto exercem algum tipo de atividade.

“Já alcançamos mais de duas mil mulheres em toda a capital e acredito que essa data pode ajudar ainda mais a divulgar a importância do empreendedorismo feminino, tanto como forma de impulsionamento à economia local, quanto ao empoderamento e as oportunidades de inserção ao mercado de trabalho. Com esse dia, vai ser possível trabalhar e discutir políticas públicas direcionadas ao tema”, explicou.

Importante ressaltar também que o empreendedorismo se destaca em um momento complicado da economia e no mercado de trabalho. Segundo última pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em setembro o Amazonas foi o terceiro do país, no número de desempregados, com um índice de 18,2%, ou seja, 301 mil pessoas estão sem nenhuma ocupação no estado.

Outro dado que reforça a importância de capacitar os empreendedores é que 51,9% da população trabalha na informalidade. Por isso, é fundamental treinar e capacitar com a realização de cursos de gestão e técnicos. Dessa forma, será possível potencializar o negócio de uma forma segura e que gera emprego e renda.

“Nossa mensagem com o Mulher Empreendedora foi justamente essa; treinar esse público e dar oportunidades de inserção no mercado de trabalho, buscando um espaço na sociedade. O sucesso dessa iniciativa mostra que é possível expandir o empreendedorismo para diversas áreas e públicos de Manaus”, completou Mirtes Salles.

(*) Informações Assessoria